Pierre Bittar - Artista Impressionista Francês  
 

 

 

9 de outubro de 2011

Pintura No. 12

Crucificação e Morte

Crucificação de Jesus Cristo


João 19:16-27
16 Pilatos, então, lhes entregou Jesus para ser crucificado. Eles levaram Jesus.
17 Carregando a sua cruz, ele saiu para o lugar chamado Calvário (em aramaico, Gólgota ).
18 Lá, eles o crucificaram com outros dois, um de cada lado, ficando Jesus no meio.
19 Pilatos tinha mandado escrever e afixar na cruz um letreiro; estava escrito assim: “JESUS NAZARENO, REI DOS JUDEUS”.
20 Muitos judeus leram o letreiro, porque o lugar onde Jesus foi crucificado era perto da cidade; e estava escrito em aramaico, latim e grego.
21 Os sumos sacerdotes dos judeus disseram então a Pilatos: “Não escrevas ‘Rei dos Judeus’, e sim: ‘Este homem disse: Eu sou o Rei dos Judeus.”
22 Mas Pilatos respondeu, “O que escrevi, está escrito,”
23 Depois de os soldados crucificarem Jesus, tomaram as suas vestes e fizeram delas quatro partes, uma para cada soldado. A túnica, porém, toda tecida de alto a baixo, não tinha costura.
24 Disseram, pois, uns aos outros: Não a rasguemos, mas deitemos a sorte sobre ela, para ver de quem será. Assim se cumpria a Escritura, “Repartiram entre si as minhas vestes e deitaram a sorte sobre a minha túnica.” Isso fizeram os soldados.
25 Junto à cruz de Jesus estavam de pé sua mãe, a irmã de sua mãe, Maria, mulher de Cléofas, e Maria Madalena.
26 Quando Jesus viu sua mãe e perto dela o discípulo que amava, disse à sua mãe: Mulher*, eis aí o teu filho.”
27 Depois disse ao discípulo: Eis aí tua mãe. E dessa hora em diante o discípulo a levou para a sua casa.

* A forma grega para Mulher não denota qualquer desrespeito.

Que dor deve ter enchido o coração de Maria ao ver seu filho zombado, torturado e, agora, crucificado. Mais uma vez, uma espada transpassa a alma de Maria, o que havia sido predito por Simeão no templo (Lucas 2:35).

João 19:26-27 é uma passagem muito importante, por dois motivos.

  1. É uma prova de que Jesus era o único filho de Maria, porque, se Ele tivesse irmãos ou irmãs, eles haveriam cuidado dela e teriam, ao menos, a acompanhado na crucificação de Jesus.
  2. A passagem também é importante porque foi a terceira das últimas sete palavras de Jesus na cruz. A importância da terceira palavra vai além da preocupação de Jesus de que alguém cuidasse de Sua mãe quando Ele disse a ela “Eis aí o teu filho” e, a João “Eis aí a tua mãe.” Ninguém acreditaria que Deus todo-poderoso não seria poderoso o bastante para cuidar de Sua mãe enquanto Ele estivesse no céu. A única explicação lógica possível é a de que Jesus, por sua misericórdia conosco e, especialmente com aqueles que perderam suas mães ou cujas mães estejam ausentes, nos deu o consolo de saber que o que Jesus disse a João também se aplica a cada um de nós. Maria é nossa mãe.

É verdade que a Virgem Maria Abençoada não é divina, porque foi criada como todos nós. No entanto, ela não é uma mulher comum, pelos motivos a seguir.

  1. Deus não pode coabitar em um pecador. Todos sabemos através da Bíblia da história do anjo caído, mais conhecido como Satanás (vide Isaías 14:12-15). Se Deus precipitou à terra Satanás e seus seguidores, é precisamente porque Satanás foi autor do primeiro pecado cometido por uma criatura da criação de Deus, que foi a inveja. Isto explica que Deus não teria escolhido uma mulher que fosse pecadora para carregá-lo em seu ventre por 9 meses durante sua gestação.
  2. Na Anunciação (Vide Pintura No. 1) (Lucas 1:26-38), o anjo Gabriel disse a ela “Alegra-te, cheia de graça! O Senhor está contigo.”

UMA PRECE PELO PERDÃO

DEUS TODO-PODEROSO

VÓS QUE FOSTES HUMILDE E VOS TORNASTES HUMANO EM JESUS CRISTO. VOSSA
LUZ CELESTIAL VEIO ILUMINAR AS TREVAS DE NOSSAS ALMAS E
CORAÇÕES PARA NOS SALVAR DA MORTE ETERNA. E NÓS, AO INVÉS DE GLORIFICARMOS VOSSA PRESENÇA ENTRE NÓS NA TERRA, NÓS VOS DESPREZAMOS E REJEITAMOS E VOS CRUCIFICAMOS EM UMA CRUZ. E ATÉ HOJE VOS CRUCIFICAMOS TODOS OS DIAS AO DESOBEDECER VOSSOS MANDAMENTOS. MAS, COM VOSSO AMOR
E PERDÃO INFINITOS, ACEITASTES DERRAMAR VOSSO SANGUE NA CRUZ PARA
PURIFICAR TODOS OS NOSSOS PECADOS.

PAI, EU VOS FERI AO NEGLIGENCIAR VOSSOS MANDAMENTOS COM MEUS
ATOS, AÇÕES, PENSAMENTOS E DISCURSOS. SEI QUE NÃO MEREÇO
A VOSSA MISERICÓRDIA. PEÇO A DEUS QUE ME PERDOE DE MEUS PECADOS, CONHECIDOS OU DESCONHECIDOS. PEÇO A JESUS QUE ENTRE EM MEU CORAÇÃO COMO MEU SALVADOR. PEÇO QUE, A PARTIR DE AGORA, EU SEJA GUIADO POR VÓS A PARTIR DESTE DIA, PROMETO OUVIR A VOSSA VOZ E OBEDECER VOSSOS MANDAMENTOS.
OBRIGADO, JESUS, PELA VIDA ETERNA QUE ME CONCEDESTES QUANDO
DERRAMASTES VOSSO SANGUE NA CRUZ.

AMÉM

 

 

 
  

A Vida de Nosso Senhor

Introdução 1 - A Anunciação 2 - O Nascimento de Jesus 3 - Fuga para o Egito
4 - No Templo com os Doutores 5 -Os 4 Primeiros Discípulos 6 - As Bodas de Caná 7 - Jesus Ressuscita o Filho de uma Viúva
8 - Alimentando 5000 Pessoas 9 - A Última Ceia 10 - A Traição de Judas 11 - A Humilhação de Jesus
12 - Crucificação e Morte 13 - A Ressurreição de Jesus 14 - A Ascensão Espalhando a Palavra

ENTENDA A SANTÍSSIMA TRINDADE
A Santíssima Trindade revelada através de uma pintura
A Santíssima Trindade
Somos Células de Deus?

entrevista em vídeo entrevista de rádio
 
  
Galeria Pierre Bittar
Página inicialAnuário